2 de set de 2009

Sobre Santo Antônio.

Coitado do Santo Antônio. Hoje já faz 95 dias e 9 horas que ele está lá, afogado, de cabeça para baixo dentro de um copo abarrotado de água benta daquele Padre que, quando reza, meu amor, dá certo. Tudo isso porque alguém disse, em algum lugar do passado e provavelmente muito bêbado que, além de ser o Santo casamenteiro, Santo Antônio, se colocado de castigo, arruma um marido óóóóóóótemo com mais velocidade porque detesta ficar de cabeça pra baixo dentro de um copo com água. Como assim ele não gosta? Quem ele pensa que é, hã?


Ele está afogado faz tempo porque ela não conseguiu até agora, dia 2 de setembro de 2009 arrumar o cara dos sonhos. Bonito, elegante, rico, nascido em berço de ouro, com família tradicional, que queira noivar, casar e ter filhos em menos de 6 meses e de preferência que tenha pedigree. Mas ela também faz questão que ele leve café na bandeja com toalha de rendinhas, que tenha uma casa na praia e outra no campo que é para variar e que tenha possibilidades de juntar uma grana para, um dia quem sabe, ter um barco na Marina da Glória. E precisa ser obviamente fiel, cavalheiro, usar gel no cabelo de um jeito bem despojado, ter o corpo em dia pelo menos para não fazer feio na praia e gostar de comédias românticas mais do que filmes de terror. Não esquecendo que precisa ter ótimo papo apesar de ela sequer ler jornal, gostar excessivamente de dar presentes (para ela, naturalmente) e respeitar que a família dela quer que o primeiro filho carregue o nome do bisavô, Deosdato, que foi uma figura muito importante na época do café. E claro também que ela não tem nem que saber quanto pode gastar no cartão de crédito porque afinal, homens foram feitos para nos fazer felizes e pagar nossas contas. E não menos importante é ser bom de cama, abrir a porta do carro para ela entrar, deixá-la ficar mau humorada porque perdeu a última liquidação da Daslu e entender a verdadeira importância disso, e saber que mulheres precisam de roupas novas a cada evento pois as pessoas reparam e comentam. E estar sempre disponível para ela, inclusive no meio das reuniões importantes, escutar sem criticar e dizer o tempo todo, inclusive enquanto dorme, que ela é a mulher da vida dele e que sem ela não dá mais para sequer, sobreviver. E reparar na depilação nova, na cor do esmalte que tá diferente do da semana passada, cozinhar o suficiente para não passarem fome nos dias em que as 3 empregadas faltarem e ter a bunda saltada de quem tem lordose porque ela sempre foi louca por bundas saltadas. E gostar de reggae, achar doce um perigo para saúde, fumar socialmente e beber só com ela porque homens que bebem com amigos fazem merda sempre. E colocá-la como dependente no Clube Pinheiros tão logo seja possível, enche-la de possibilidades lindas e ter por ela momentos dignos de cenas de novelas, e saber que casamento é para sempre senão Deus castiga e aprender a prometer por tudo e por todos e junto com ela, passar a vida pagando as promessas feitas em Aparecida do Norte.

Enquanto isso Santo Antônio fica lá debaixo da água. Problema dele, oras.
Quem mandou ser tão incompetente?

3 Comentários:

Anônimo disse...

Sempre bons seus textos. Percepção de primeira!

2 de setembro de 2009 14:00
Principe Encantado disse...

Navegando lhe encontrei e gostei do conteúdo do seu blog, parabéns.
Todos os dias há um post novo lá em meu blogficarei honrado com sua presença.
"A verdadeira gentileza é perfeito conforto e liberdade.
Ela simplesmente consiste em tratar os outros exatamente como você adoraria ser tratado".
Tenha um excelente final de semana.
Abraços forte

4 de setembro de 2009 11:27
Anônimo disse...

Será que adianta colocar o Santo Antonio afogado no copo de água???? Se adiantar vou colocar 2 que é para garantir e tirar o menino Jesus do outro que o Jesus sai e deixar de castigo até acontecer o que quero, encontrar meu principe encantado...

10 de setembro de 2009 19:39