27 de out de 2009

Eu te tatuei

Eu te tatuei porque tem que ser para sempre apesar do destino e porque eu acredito que é para sempre. Eu te tatuei porque você corre no meu sangue tão quente quanto um projeto de inferninho bom ritmando meus longos e sempre apressados passos rumo a coisa alguma.
Eu senti dor porque eu achei que era pouco e porque eu acho lindo sentir dor de amor. Eu e todas as minhas coisas de maluca que transbordam agora em forma de tinta eterna no pulso esquerdo. Eu te coloquei aqui, bem ao alcance da minha mão que é para você não poder fugir nunca. Faça apenas um movimento mais brusco que eu te tampo com a outra mão. E é também por isso que eu passo bastante perfume em cima de você. Para você não querer ir embora do meu cheiro, da minha pele, do meu mau humor e da minha falta imensa de pulseiras e badulaques charmosos que me pontuariam melhor ainda como mulher.
Eu te tatuei que é para você e todo mundo saberem que mesmo que não seja para sempre na vida vai ser para sempre em mim, para eternidade até que eu e meus pulsos duremos para então nos encontrarmos com o famoso fim de todos. Eu te tatuei que é para a gente nunca se perder e porque mesmo longe você estará sempre aqui cravado. Eu te tatuei porque eu sou uma doidivanas, porque gosto de ser intensa em tudo ainda mais na gente e porque achei que cinco anos mereciam uma marca com agulha. Eu te tatuei porque não gosto de sentir saudade e essa letra que eu escolhi é óbvio, é a sua letra. Ela é meio tortinha como se estivesse com a preguiça de quem acaba de abrir os olhos para mais um dia. Eu coloquei sua letra desenhada em mim porque sua letra é linda e ainda me lembra Reencontro e Reencarnação. E também me lembra Ridícula. Que é o que sou. Eu te tatuei porque eu gosto de para sempre, porque eu sabia que você ia adorar e também porque eu queria saber com quantos poros furados e pintados se mostra um grande amor. Só que esqueci de contar porque eu queria mesmo era sentir a dor para provar que transcende.


Eu te tatuei para ter certeza que vivo para você, para nós e para nossa cambada de dois.
Eu te tatuei para não esquecer por nenhum dia, para fazer valer tudo isso de todo dia e porque meu amor, muito mais que tudo isso, eu te tatuei porque eu te amo em definitivo. 

4 Comentários:

Carla Martins disse...

Eu te tatuei porque te amo em definitivo.....mais bonito do que tatuar no corpo, é tatuar na alma, né? Arrasou! Beijinhos!

28 de outubro de 2009 10:13
carol disse...

E por sinal linda tatuagem!

beijos
caroline

28 de outubro de 2009 10:50
josé disse...

Se eu fosse seu marido estaria realmente orgulhoso de tamanha declaração!

Abraços,
José.

28 de outubro de 2009 11:09
Maridão disse...

Caro José,

Te asseguro que o marido dela está sim bastante orgulhose pela declaração e pela mulher que ela se tornou.

Te amo, linda (a Tati, não vc, ok José?)

30 de outubro de 2009 16:20